terça-feira, 9 de dezembro de 2008

A Corujinha


Corujinha, corujinha,

Que peninha de você.

Fica toda encolhidinha

Sempre olhando não sei quê.

O seu canto de repente

Faz a gente estremecer.

Corujinha, pobrezinha,

Todo mundo que te vê

Diz assim, ah, coitadinha,

Que feinha que é você.


Quando a noite vem chegando

Chega o teu amanhecer.

E se o sol vem despontando

Vais voando te esconder.


Hoje em dia andas vaidosa,

Orgulhosa como o quê.

Toda noite tua carinha

Aparece na TV.


Corujinha, corujinha,
Que feinha que é você.

(Vinícius de Moraes e Toquinho).
Adoro corujas...
Adoro Vinícius... em parceria com Toquinho é o que há de melhor...
E essa musiquinha é um primor na voz da Elis.
Até mais.

Um comentário:

Inugami disse...

Corujs não são feias... Só mal compreendidas por pessoas que não vêem o lado místico e romantico delas.

Bjão Ana pê!